Opinião

Em 2019, uma auditoria do Tribunal de Contas, ao período compreendido entre 2013 e 2015, detectou a prescrição de diversos processos da execução fiscal que lesaram os cofres do Estado em 3,9 milhões de euros. Ficámos a saber que tal se deveu a uma série de falhas ou incúria nos procedimentos, bem como que a dívida para com a Segurança Social atingia, no final de 2015, os 266 milhões de euros. 

Enquanto, neste país, não se conseguir combater a violência doméstica o BE insta a que se defendam os direitos próprios das crianças vítimas e/ou testemunhas de violência doméstica.

A 6 de Outubro, o voto no Bloco de Esquerda é o garante de respeito por quem trabalha e faz a economia deste País. Pelos trabalhadores de hoje e pelo futuro laboral das novas gerações.

A 6 de outubro é importante ir votar e votar no Bloco de Esquerda que está sempre ao lado dos mais desprotegido para forçar um maior equilíbrio social, defendemos os mais frágeis sempre e não só nas eleições.

O Bloco defende maior orçamento para a saúde, para melhorar a resposta do serviço público, separação clara com o privado, valorização dos profissionais - um serviço público universal, geral, gratuito e de qualidade.

Páginas