Em tempos de crise os privados não investem nem criam empregos, tem se ser o Estado a assumir essa responsabilidade.

Quando a economia privada está paralisada, o Estado tem a obrigação de gastar o que pode na criação de empregos, e assim responde à crise económica, melhora a esperança no futuro e combate a outra pandemia, a da doença mental que se alimenta da ansiedade no presente e da falta de perspetivas de futuro.

Assembleia de aderentes para analise das presidenciais e da situação política 

O Bloco de Esquerda quer soluções para as famílias com crianças entre 6 e 12 anos depois de terminar a escola, ou a prorrogação do teletrabalho ou a abertura dos ATL’s.

A assembleia de aderentes do BE-Madeira foi convocada para o próximo sábado pelas 10h00.

Páginas

DEPRIMENTE A LUTA PELOS "TACHOS" NO SESARAM