O Grupo Municipal do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal do Funchal acusa o orçamento para 2023 de não passar de um plano de intenções que não corrige as desigualdades e assimetrias existentes na nossa cidade e que não dá resposta aos funchalenses

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda agendou um debate protestativo sobre "o percurso da Autonomia Constitucional da Região Autónoma da Madeira durante os últimos 40 anos", que se realiza nesta quarta-feira, dia 1 de Fevereiro na Assembleia Legislativa desta Região Autónoma.

Catarina Martins defendeu que “a substituição da redução da Taxa Social Única pela redução do pagamento especial por conta é um incentivo à liquidez e ao investimento em vez da concorrência pelas piores práticas”.

O Grupo Parlamentar do BE na Assembleia Legislativa da Madeira exigiu, hoje, que o Governo Regional garanta o cumprimento do contrato de concessão celebrado com a Porto Santo Line que, todos os anos, durante um mês, envia o navio Lobo Marinho para manutenção deixando os residentes da Ilha do Porto Santo desprotegidos.

A redução da TSU é “totalmente injusta e errada”, até porque durante os quatro anos em que a troika esteve em Portugal, o “salário mínimo nacional esteve congelado sem que nenhuma contrapartida fosse retirada às entidades patronais para compensar o sacrifício que estava a ser exigido aos trabalhadores”.

"Ao longo da sua vida, Mário Soares foi contraditório e frontal nas lutas que escolheu. Marcou todos os momentos determinantes da vida do país, por vezes em conflito e outras vezes em aliança com forças de esquerda."

Páginas