Opinião

Em 2019, uma auditoria do Tribunal de Contas, ao período compreendido entre 2013 e 2015, detectou a prescrição de diversos processos da execução fiscal que lesaram os cofres do Estado em 3,9 milhões de euros. Ficámos a saber que tal se deveu a uma série de falhas ou incúria nos procedimentos, bem como que a dívida para com a Segurança Social atingia, no final de 2015, os 266 milhões de euros. 

Deputado Paulino Ascenção esteve reunido com Mário Centeno

Auscultação ao partido realizada ontem, onde deixaram o que entendem devem ser as prioridades

A comemoração aconteceu na sala da Assembleia Municipal e foi protagonizada por Guida Vieira, conselheira Municipal para a Igualdade, e pela vereadora Madalena Nunes.

Páginas