Be diz que o Governo é "forte com os fracos" e "frouxo com os poderosos"

O Bloco de Esquerda foi a festa da lapa, no Paul do Mar, defender o fim das licenças para os pescadores amadores. Paulino Ascenção lamenta e diz que "são os grandes infratores com quem o Governo deve preocupar-se".

"Depois de termos abatido embarcações, na embriaguez da febre da construção civil, agora temos a exigência, inventada por este Governo Regional, de licença e de uma taxa para a pesca amadora, com limites rigidos da quantidades permitidas", referiu o coordenador do BE, defendendo que "a justificação combina argumentos de sustentabilidade da pesca e de fuga ao fisco". E questiona: "serão os pequenos pescadores amadores quem põe em causa a sustentabilidade da pesca ou quem defrauda o fisco em montantes significativos?".

"Foi também o governo PSD-CDS, quem inventou a exigência absurda para os pequenos agricultores se coletarem nas Finanças, emitirem fatura e guida de transporte para poderem transportas os produtos da sua lavra para casa, por estrada", recordou, acrescentando que "o PSD e o CDS são muito rigorosos com a arraia miúda, mas frouxos com os grandes empresários".

 

Publicado em JM Madeira.pt